O que é 5 MTHF? O Melhor Guia sobre Folato e Metilfolato

Escrito por Tom Von Deck
Revisado por Kimberly Langdon
5-mthf-folato-metilfolato

O que é 5-MTHF? Este guia destina-se a fornecer todas as informações mais úteis e baseadas em evidências científicas sobre vitamina B9, folato, ácido fólico, 5-MTHF e os suplementos e alimentos que mantêm a sua B9 a níveis saudáveis.

Aprenderá sobre os problemas que podem reduzir o nível de B9 para níveis não saudáveis ​​- mesmo se estiver a tomar suplementos ou ingerindo alimentos ricos em folato – e como resolvê-los ou evitá-los. Considere isto um FAQ para utilizadores atuais e potenciais de suplementos de folato ou para aqueles que são apenas curiosos.A nutrição das vitaminas B é um assunto muito súbtil.
Há muitas décadas de estudos científicos sobre os seus efeitos, como estes interferem positiva e negativamente com alimentos e medicamentos, as melhores formas de B9 a serem tomadas e muito mais. Nós estudamos estes estudos para que não precise fazê-lo por si mesmo.

Se tiver alguma pergunta importante que não tenha sido respondida neste guia OU…

precisa de esclarecimento adicional sobre uma de nossas respostas e/ou não entende OU …

discorda com algo neste guia…

Não seja um estranho! Informe-nos! Entre em contato ou deixe um comentário abaixo.

Table of Contents

O que é o Folato?

Ovos, feijões e pão são fontes de folato

Ovos, feijão e pão são fontes de folato. A palavra “folato” descreve a família de nutrientes encontrados em alimentos, especialmente vegetais de folhas verdes, feijão e ovos. Estes são formas de B9 naturais e solúveis em água. (1)

Normalmente, as pessoas utilizam a palavra “folato” como se a mesma descrevesse um único nutriente.

“Folatos” poderá fazê-lo parecer engraçado, já que a sua forma plural é menos comum.

Os alimentos ricos em folato incluem couve, brócolos, frutas cítricas, aspargos, bananas, feijão e fígado. (1)

O feijão e o fígado fornecem uma forma de folato mais natural do que os outros alimentos da lista acima.

Se uma pessoa tem altas necessidades de folato ou tem deficiências após consumir muito, é muito provável que a comida não seja a melhor forma de obter folato. Existem doenças e factores genéticos que podem impedir as pessoas de metabolizar o folato dos alimentos. Continue a ler para mais detalhes.

O que é o Ácido Fólico?

O ácido fólico é uma forma sintética e solúvel em água da vitamina B9. É normalmente criada para suplementação. Muitos pães, doces e cereais contêm ácido fólico.

A esparguete é fortificada com ácido fólico em muitos países

Por exemplo, a esparguete é enriquecida com ácido fólico em muitos países. Em 1998, os EUA exigiram que o ácido fólico fosse adicionado a tipos de grãos específicos para garantir a ingestão adequada de B9 em grande escala.

A partir de 2017, 86 países determinaram por lei que a farinha de trigo deve conter algum nível mínimo de ácido fólico (2) (3)

16 dos 86 países fizeram o mesmo com a farinha de milho. Seis nações também adicionaram a farinha de arroz á lista.

O que é o 5-MTHF?

O 5-Metiltetra-hidrofolato, ou 5-MTHF, é uma forma natural de vitamina B9 que o seu corpo está pronto a absorver e utilizar para fins nutricionais. É agora uma forma de folato muito popular por esse mesmo motivo, especialmente entre pessoas que têm problemas na metabolização de outras formas de B9 a partir de alimentos e suplementos.

Sinónimos de 5-MTHF:

  • L-5-MTHF
  • L-metilfolato
  • L-metilfolato de cálcio (apenas se estiver ligado ao sal de cálcio)
  • Metilfolato
  • Ácido Levomefólico

Note a letra “L” em alguns dos nomes acima. Esta letra indica que a grande maioria dos corpos humanos conseguem absorvê-lo. “6 (S)” em vez de “L” indica o mesmo.

Se o “L” for substituído por “6 (R)”, a formulação provavelmente não irá ajudar muito.

Qual a forma de 5-MTHF que o Seu Corpo Absorve e Utiliza Melhor?

Um estudo publicado no British Journal of Pharmacology comparou a absorção do corpo de 6 (S) 5-MTHF ao ácido fólico. Os sujeitos eram mulheres saudáveis que tinham problemas na absorção de folato e ácido fólico à base de alimentos porque os genes necessários para processar estes nutrientes tinham uma mutação. O 6(S) 5-MTHF obteve resultados muito mais positivos na obtenção da vitamina B utilizável no plasma sanguíneo, onde pôde começar a trabalhar a sua magia.

Neste estudo, os pesquisadores usaram 6 (S) 5-MTHF que estava ligado ao sal de cálcio. Sim, este fez círculos em torno do ácido fólico em termos de absorção…

MAS…

Um outro estudo comparou o material à base de 6 (S) 5-MTHF ligada à glucosamina em vez de cálcio em ratos. Os pesquisadores também compararam os dois ao ácido fólico. O estudo mostrou pico níveis plasmáticos 1,8 vezes maiores que o 5-MTHF ligado ao sal de cálcio, e níveis 3,1 vezes maiores do que o ácido fólico. (5)

 

1 mg 5mthf metilfolato como suplemento de ácido quatrefólicoÉ por isso que a Intelligent Labs utiliza o 6 (S) 5-MTHF ligado à glucosamina livre de custáceos. Nos nossos suplementos usamos uma fórmula patenteada chamada Ácido Quatrefólico® e oferecemos em 1 mg 5-MTHF e 5 mg 5-MTHF.

Marcas de 5-MTHF

Metafolin® – Um suplemento de 5-MTHF utilizando  L-metilfolado de cálcio. Está disponível apenas através de vendedores licenciados pelos seus criadores.

Deplin® – Disponível mediante receita médica, esta formulação de 5-MTHF foi criada para atendar às necessidades nutricionais de pacientes com depressão e aumentar a actividade de medicamentos anti-depressivos.

Ácido Quatrefólico® – Mencionado novamente, este é o material que utilizamos na Intelligent Labs. Patenteado internacionalmente pela Gnosis, é a formuação de 5-MTHF mais avançada cientificamente do mercado. Este 5-MTHF tem uma melhor absorção pelo seu corpo porque está ligado à glucosamina livre de crustáceos, em vez de ao cálcio.

A intelligente Labs tem dois suplementos de 5-MTHF disponíveis com duas quantidades diferentes.

Quais os benefícios do Folato e 5-MTHF para a Saúde?

Necessário para Funções Essenciais do Corpo

A B9 é necessária para criar: (6)(7)(8)

  • Energia de hidratos de carbono
  • ADN e RNA
  • Glóbulos vermelhos e brancos
  • Melatonina, um químico que regula o sono
  • Neurotransmissores importantes como noradrenalina, seratonina e dopamina
  • O seu sistema nervoso

Os feijões são ótimas fontes de folato na dieta

Previne Defeitos Congénitos Durante a Gravidez

Os profissionais de saúde geralmente sugerem que durante mulheres grávidas utilizem suplementos de folato para prevenir defeitos congénitos e dano aos tubos neurológicos. Isto ocorre porque os efeitos da falta de folato no desenvolvimento do bebé já foram bastante estudados. (9)

É necessário folato suficiente para o desenvolvimento do sistema nervoso durante a gravidez. Isto é crucial desde o início da gravidez. No entanto, muitas mulheres não sabem que estão grávidas até algumas semanas de gestação. Se ainda está a tentar engravidar, é boa ideia garantir que os seus níveis de folato estão normais. (6)

Atenção papás: Isto é também para si!

Homens que estejam a tentar conceber devem também garantir que não têm deficiência de folato. Um estudo de 2013 descobriu que homens com níveis não-saudáveis desta vitamina durante a concepção pode aumentar consideravelmente a probabilidade de defeitos congénitos. (10) Algumas mulheres poderão ser aconselhadas a iniciar a suplementação uns meses antes da concepção de forma a aumentar a chance de um bebé saudável. (11)

Os cientistas descobriram que o 5-MTHF é eficaz para sintomas de depressão

Pode Reduzir o Risco de Depressão e/ou Realçar as Drogas Anti-depressivas

Deplin®, uma forma prescrita de 5-MTHF foi especialmente patenteada para tratamento de depressão e para realçar os benefícios de anti-depressivos em pacientes depressivos. A forma como o 5-MTHF ajuda na depressão é desconhecida, mas estudos demonstram que esses suplementos podem ser uma grande ajuda. Os estudos da depressão tipicamente utilizam altas doses comparado à utilização normal a nível nutricional.

No estudo de 2013 onde mais de 500 pacientes recebeu tratamento para a depressão, questionários telefónicos automáticos indicaram uma melhoria média na qualidade de vida e aumento da satisfação com os seus medicamentos para a depressão após três meses. Satisfação com familiares, amigos, colegas, relações, e estranhos também melhorou. As diferenças no geral após 95 dias foram muito drásticas. Os sujeitos utilizaram uma forma de prescrição de 5-MTHF super-potente. Cada dose era de 7,5 mg ou 15 mg. Uma dose de iniciação para uso normal de 5-MTHF para indivíduos sem depressão é tipicamente de 1 mg ou menos. (12)

Outra razão para estes benefícios em pacientes com depressão poderá ser o facto do folato ser uma parte essencial na produção de neurotransmissores importantes, como a seratonina, dopamina, e noradrenalina e pode ajudar a regulá-las (13)

O 5-MTHF pode também funcionar para alguns sintomas do síndrome de bipolaridade.

Um estudo de 6 semanas de 10 pessoas com depressão severa e transtorno bipolar demonstrou resultados promissores: (14)

“Os investigadores descobriu que pacientes com transtorno bipolar a tomar L-metilfolato mostrou melhorias nos sintomas de depressão, funcionalidade, cognição, e pensamentos suicida.”

AVISO: Se sofre de depressão fale sempre com o seu médico antes de tomar qualquer forma de suplemento de folato, mesmo em doses baixas.

Reduz Homocisteína, um Químico Inflamatório

A homocisteína é um componente no corpo humanos que aumenta a inflamação. Várias doenças estão enraizadas em inflamação.

Níveis de homocisteína elevados podem aumentar o risco de: (18)

  • Coágulos sanguíneos
  • Acidente vascular cerebral
  • Alzheimer
  • Ataques cardíacos
  • Doença cardíaca coronária
  • Aterosclerose

Os altos níveis deste componente estão associados a baixo níveis de vitamina B6, B9, e B12. Esta combinação é um forte indicador de declínio cognitivo nos homens, e provavelmente também em mulheres. (15)

Níveis saudáveis destas três vitaminas do completo B são importantes para manter a homocisteína sob-controlo. O 5-MTHF é capaz de prevenir algum declínio cognitivo por si mesmo, mas será muito melhor se manter as outras duas também a níveis saudáveis. (15)(16)(17)

Outras causas para altos níveis de homocisteína incluem: problemas de hipotireodismo, doenças do rim, e psoríase. Isto significa: não culpe automaticamente as deficiências de vitamina B. (18)

Como já leu anteriormente, leis em dezenas de países diminuirão a homocisteína ao exigir que as farinhas sejam fortificadas com ácido fólico. Um estudo de placebo aleatório de 24 semanas, demonstrou que o 5-MTHF é muito mais eficaz do que o ácido fólico na redução dos níveis de homocisteína em humanos saudáveis. (19)

Pode reduzir Acidentes Vasculares Cerebrais e Risco de Ataque cardíaco

O 5-MTHF poderá melhorar a saúde do coração e circulatória ao reduzir a homocisteína, e outros mecanismos. No entanto, é complicado. Poderá apenas reduzir o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral se tiver deficiência de folato.

5mthf e folato podem reduzir o risco de derrame cerebral e ataque cardíaco

Eis um resumo de evidências chave numa história misteriosa…

Um estudo de 2015 descobriu que homens que suplementavam com ácido fólico e tomaram enalapril, uma droga para baixar a pressão sanguínea, baixou o seu risco de acidente vascular cerebral num período de 4,5 anos. Os resultados foram significantes para o grupo ácido fólico – enalapril comparado ao grupo de apenas enalapril. Estudos antigos dos ano 70 também aparentam demonstrar diminuição de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco devido ao aumento no uso de folato. (20)

Por outro lado, alguns estudos de placebo dos EUA não demonstraram diminuição de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco. Isto poderá significar que o folato só tem este efeito em pessoas com deficiência. Relembre-se que os EUA começaram a fortificar cereais em 1998, o que poderia explicar alguns dos resultados dos anos 70. As pessoas tinham níveis de folato mais baixos. (20)

A China não fortifica os cereais, o que significa que a sua população poderá também ter deficiência. Alguns dos antigos estudos dos EUA encontrou pessoas com histórico de acidente vascular Cerebral e ataque cardíaco. Estas pessoas poderão ter diminuído o seu risco com medicações e comidas, além do folato como resposta a estes eventos. (20)

Como Saber se Tem uma Deficiência de Folato?

Alguns sinais de que a falta de folato está a causar anemia (falta de glóbulos vermelhos) Lentidão e cansaço crónico:(21)

  • Falta de ar
  • Falta de paciência, aborrecimento e irritabilidade
  • Pele branca que parece mais pálida

Outros sinais de deficiência de folato: (22)

  • Cabelo cinzento prematuramente
  • Língua inchada
  • Feridas ou úlceras na boca
  • Bebé com defeitos congénitos e deformidades e você é a mãe ou pai
  • Diarreia
  • Problemas de crescimento

O auto-diagnóstico da deficiência de folato é difícil. Isto ocorre em parte porque há sobreposição entre os sintomas de falta de folato e outras vitaminas do complexo B. O seu médico provavelmente fará testes para diminuir as possíveis causas dos sintomas.

O que Causa Deficiência de Folato?

Uma Dieta Sem Alimentos Ricos em Folato

Senão estiver a comer feijão, ovos, vegetais verdes e outros alimentos ou suplementos ricos em folato, provavelmente terá falta de folato no corpo.

os produtores de couve fornecem folato às pessoas

Problemas de Saúde que Previnem Absorção de Alimentos e Suplementos

Muitas coisas podem causar baixa absorção de ácido fólico e folato de alimentos, incluindo: (21)

  • Doenças como Crohn, Celíaca, alguns cancros e alguns distúrbios renais
  • Defeitos no gene MTHFR, que são comuns
  • Interacções com medicações que interferem no folato
  • Uso excessivo de álcool ou anti-ácidos
  • Mutação de genes responsáveis pela metabolização do folato

O ácido fólico e o folato natural dos alimentos precisam passar por várias reações químicas antes de se tornarem em 5-MTHF, a única forma útil.
Muitos de nós metabolizamos o folato e transformamos em 5-MTHF com eficiência. Existe um gene que controla este processo. Chama-se MTHFR, e cada um de nós tem duas cópias. No entanto, muitos de nós têm variações de uma ou de ambas as cópias de genes que não permitem as transformações em 5-MTHF. Se um gene de cópia é mau para a absorção de folato, a sua eficiência pode sofrer um enorme impacto. Se as duas cópias estiverem más, não metabolizará muito folato ou ácido fólico. (23)

Como saber se tem uma ou duas cópias más do gene MTHFR?

Para o saber necessitará de fazer um teste de ADN e fazer com que pareça um laboratório médico. Pode encontrar laboratórios para este fim local e online. Pesquise o laboratório primeiro ou deixe o seu médico escolher um.

A maneira mais fácil de resolver este problema de variação genética é usar um suplemento de 5-MTHF, que não precisa de uma série de reacções químicas para o seu corpo usá-lo correctamente. Por outras palavras, o 5-MTHF já é bio-ativo.

Obesidade

A ligação entre obesidade e níveis insuficientes de folato é muito forte, mas parece que ainda não se sabe porquê.

Uma revisão de estudos publicados entre 2005 e 2015 examinou os níveis de folato em mulheres obesas em “idade fértil”, com atenção especial às mulheres grávidas. O objetivo dos pesquisadores era examinar as possíveis causas do alto percentual de deficiência de folato nessas mulheres. Estes observaram um estudo britânico que descartou fatores como suplementos vitaminicos, dieta e idade. Apontaram também vários outros estudos que descartaram a dieta como causa. Tudo o que podiam fazer era recomendar mais estudos sobre este assunto, além de dicas sobre como projetá-los. (24)

A questão é: a própria obesidade, ou causas particulares da obesidade, podem reduzir o folato a níveis pouco saudáveis. A correlação é forte e todas as perguntas são sobre o que leva ao quê.

Outro estudo observou uma forte correlação entre obesidade e deficiência de folato:

Em 2016, os pesquisadores revisaram estudos com a intenção de atualizar as diretrizes da Sociedade Americana de Nutrição para Cirurgia Metabólica e Bariátrica de 2008 nas Diretrizes de Cirurgia Bariátrica. As diretrizes são baseadas em estudos que examinam os níveis de nutrientes antes e após procedimentos cirúrgicos para perda de peso. As novas diretrizes de 2016 recomendam o rastreamento de deficiências de folato antes desse tipo de cirurgia. A razão para tal é que até 54% dos pacientes obesos têm deficiência de folato. (25)

Os pesquisadores não tinham intenção de investigar causa e efeito neste caso. Estes apenas observaram aligação e responderam recomendando a monotorização e a suplementação de folato antes da cirurgia.

Cozinhar alimentos ricos em folato destrói o folato?Couve rica em vitamina b9 na sua forma natural de folato

A couve é rica em vitamina B9 na sua forma natural de folato. Se o cozimento reduz o teor de folato nos alimentos, depende dos alimentos, do método e do tempo de cozimento. O tempo de ebulição normal pode eliminar aproximadamente metade do folato no espinafre e brócolos, mas o vapor não reduz o folato. Ferver batatas e grelhar carne também não parece reduzir o folato, mesmo que cozinhe por mais tempo do que o normal. (26)

Ferver cebolas reduz o folato em 35%, enquanto cozê-las destrói apenas 15%. Acontece também que as ervilhas fervidas retêm mais folato em comparação com outros métodos de cozimento. Se cozer o feijão por duas horas e assá-lo ou fritá-lo, estes perderão 50%. Um estudo recomenda mergulhá-los em água salgada e fervê-los em água doce para preservar o máximo de nutrientes. (27)

As grávidas ou mulheres que desejam conceber necessitam suplementar com folato?

É geralmente aceite na comunidade médica que manter os níveis de folato até o parto é uma boa ideia. Sendo que provavelmente evita defeitos congênitos, e a forte correlação está bem estabelecida. Como mencionado acima, necessita de bastante folato bio-ativo no seu corpo desde o momento em que engravida para garantir que o sistema nervoso do bebé se desenvolva adequadamente. Isso pode significar iniciar o processo enquanto ainda está a tentar conceber.

A suplementação com 5-MTHF é a maneira mais segura de saber que o seu corpo realmente absorve folato suficiente.

Se estiver grávida, fale com seu médico. Não brinque com suplementos sem orientação personalizada para as suas circunstâncias únicas e com base em testes de laboratório completos.

É possível ter demasiado folato no seu corpo?

Esta é uma questão controversa na ciência médica. Alguns pesquisadores dizem que pode ter muito ácido fólico a circular no seu corpo e que isto pode criar problemas de saúde. (28)

Devido à controvérsia e à necessidade de mais estudos, pode encontrar agências de saúde do país que se recusam a escolher um lado nestes debates e aconselhando os consumidores a agir com cautela. Provavelmente, nada disso é um problema para o 5-MTHF ou folato alimentar que se forma naturalmente nos alimentos.

O que pode acontecer se tiver demasiado ácido fólico?

Pode ocultar sinais de deficiência de vitamina B12

Excesso de ácido fólico no corpo pode mascarar sinais de anemia mega-loblástica causada pela deficiência de vitamina B12. Isto não é um consenso. Ainda é um mistério para os pesquisadores. Se for verdade, um médico pode perder o diagnóstico. Isso pode piorar os problemas relacionados ao sangue e prejudicar o cérebro e o sistema nervoso. O dano cerebral pode causar rápido declínio cognitivo e confusão. (29)

O que é consenso é que este não é um problema para o 5-MTHF, que é o que as outras formas se tornam quando são metabolizadas adequadamente. Comer muitos feijões, laranjas ou vegetais verdes com folato alto também não é um problema que os especialistas em saúde parecem estar preocupados. (39)

A deficiência de vitamina B12 é um problema maior para vegetarianos e idosos do que para a maioria dos outros. As dietas vegetarianas não fornecem o suficiente desta vitamina e os idosos têm dificuldade em absorvê-la. Ambos os grupos podem suplementar com B12 sublingual (debaixo da língua).

Mulher a dormir num sofá

Perturbações do sono e problemas de humor

Excesso de ácido fólico, especialmente quando ingerido em suplementos, pode causar problemas de sono e irritabilidade. (30)

Náusea e perda de apetite

Algumas pessoas podem perder o apetite ou ficar enjoadas, especialmente se receberem muito ácido fólico de suplementos ou multi-vitaminas. (30)

A solução

Ao tomar um suplemento de folato, verifique se este está na forma bio-ativa: 5-MTHF. Leia os rótulos dos seus multi-vitamínicos. Estes contêm muito ácido fólico? A maioria dos adultos deve receber cerca de 0,5 mg de ácido fólico por dia. Leia também os rótulos dos seus pães e cereais.

Se estiver a tomar um suplemento de 5-MTHF, tente manter o ácido fólico de alimentos fortificados no mínimo e evite multi-vitaminas contendo ácido fólico. Isto pode ou não ser um problema que interfere no 5-MTHF.

O Instituto de Suplementos Dietéticos do Instituto Nacional de Saúde dos EUA estabeleceu um limite diário superior recomendado de 1 mg para o ácido fólico proveniente de grãos e suplementos fortificados. Não tendo estabelecido um limite para folato proveniente de vegetais ou 5-MTHF. (29)

De acordo com a Harvard Health Letter, o ácido fólico dos grãos pode aumentar rapidamente (31). Veja a lista dos mesmos abaixo.

Alimentos comuns enriquecidos com ácido fólico:

Tigela de Cereal K Especial: 0,394 mg
Dose de pretzels: 0,172 mg
1 xícara de esparguete cozido: 0,166 mg
1 multi-vitamínico: 0,4 mg
Total = 1,132mg

Não é difícil ultrapassar este limite superior num dia. Portanto, observe os seus grãos e vitaminas, especialmente se tiver dificuldade em metabolizar o ácido fólico. Também quererá ter a certeza de que está a receber B12 suficiente e que o seu corpo está a utilizá-la.

grãos e vegetais são fontes de vitamina b9

Existem vantagens do 5-MTHF sobre outras formas de folato?

5-MTHF não requer reacções químicas para se tornar útil no corpo.

O ácido fólico, que é sintético, precisa de múltiplas reações químicas antes de se tornar bioativo 5-MTHF. O folato na dieta, que se forma naturalmente nos alimentos, também requer reações químicas antes de se tornar 5-MTHF, mas menos do que o ácido fólico.

Por outras palavras, depois de tomar 5-MTHF num suplemento, o seu corpo tem menos trabalho a fazer. Nenhuma reação química é necessária.

Interage com menos medicamentos que o ácido fólico

Como não há necessidade de conversões metabólicas para o 5-MTHF se tornar bio-ativo, é menos provável que reaja com medicamentos e reduza a sua eficácia. (33)

Os psiquiatras adoram isto porque etsa forma de folato pode atravessar a barreira hematoencefálica e entrar no cérebro. A barreira hematoencefálica impede que muitas substâncias entrem no cérebro através do sistema circulatório. O 5-MTHF pode ir direto para o sistema nervoso. (32)

Normalmente, é o processo do metabolismo que causa a interferência do ácido fólico nos medicamentos.

Não mascara sintomas de deficiência de vitamina B12

Embora o folato possa obscurecer os danos no sistema nervoso causados por distúrbios sanguíneos relacionados à deficiência de vitamina B12, está bem estabelecido que o 5-MTHF não. (34)

Com que dosagem de 5-MTHF devo começar?

A maioria das pessoas começa com 1mg ou menos de 5-MTHF diariamente para uso normal. Algumas situações podem exigir 5 mg ou mais, e um profissional médico geralmente estará bem informado para guiá-lo nessa decisão. Lembre-se de que mais não é necessariamente melhor quando se trata de qualquer forma de folato.

Quem NÃO deve tomar 5-MTHF?

Se é alérgico ao 5-MTHF, obviamente não deve continuar a tomá-lo. Se tiver urticária, aperto no peito ou falta de ar, considere isto uma emergência e procure ajuda.

Converse com o seu médico antes de suplementar com 5-MTHF se: (35)

  • Se é alérgico ao ácido fólico em grãos ou multi-vitaminas
  • Foi diagnosticado com deficiência de vitamina B12 no passado
  • Tem transtorno bipolar
  • Está grávida, a amamentar ou a tentar engravidar (isto é para determinar a dosagem adequada, que pode variar)

O 5-MTHF irá reagir com meus medicamentos?

É menos provável que o 5-MTHF interaja com medicamentos que o ácido fólico (33), mas não use esta declaração como orientação médica. Isso é algo que deve discutir com o seu médico.

O ácido fólico pode reduzir a eficácia da maioria dos medicamentos para convulsões, bem como a pirimetamina (Daraprim), que trata infecções por parasitas. O metotrexato é uma droga que reduz a atividade do folato nas células. (36) (37)

Por outro lado, um estudo das interações do folato com a lamotrigina recomendou a suplementação de 5-MTHF como uma forma alternativa de fornecer folato aos utilizadores dessa medicação. O medicamento é usado para prevenir convulsões, mas os pesquisadores estavam particularmente interessados em transtornos do humor como a depressão bipolar.

Estes observaram que o 5-MTHF não precisa passar por reações químicas antes que o cérebro e outros sistemas do corpo possam usá-lo, por isso é menos provável que interfira na lamotrigina. (38)

Armazene o seu 5-mthf e outros suplementos num armário de remédios.

Armazene o seu 5-mthf e outros suplementos num armário de remédios

Como devo armazenar os meus suplementos de 5-MTHF?

Veja o que a respeitável Cleveland Clinic recomenda no seu site:

“Armazene em temperatura ambiente entre 59 e 86 graus F (15 e 30 graus C). Proteger da luz. Este medicamento é rapidamente decomposto e inativo quando exposto ao calor ou à luz. Jogue fora qualquer medicamento não utilizado após o prazo de validade. ”(37)

A Intelligent Labs usa garrafas pretas opacas para manter toda a luz.

Guarde os seus suplementos onde crianças pequenas não tenham acesso. O 5-MTHF é relativamente seguro e uma overdose não é fatal. Mesmo com isso em mente, o lema “melhor prevenir do que remediar” deve ser uma prática comum.

Sobre este guia

Esperamos que este guia seja útil. Devido à natureza evolutiva da ciência médica, não presuma que lhe demos absolutamente todas as informações que precisa saber. Se leu tudo, sabe que os pesquisadores estão a debater alguns dos assuntos discutidos aqui.

Lembre-se também de que as informações não substituem os conselhos do seu médico. Não podemos afirmar que o 5-MTHF é uma cura ou tratamento para qualquer doença. Também não podemos afirmar que o nosso conteúdo possa ajudá-lo a se auto-diagnosticar. Somente o seu médico pode fornecer diagnóstico e tratamento adequados das condições de saúde.

 

Referências Científicas:

1. Folic Acid. WebMD. https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-1017/folic-acid.

2. Pachón H, Codling K. Fortification with Folic Acid. Asia-Pacific Conference on Human Genetics. http://ffinetwork.org/about/calendar/2017/documents/Fortification_with_Folic_Acid.pdf.

3. Crider KS, Bailey LB, Berry RJ. Folic acid food fortification-its history, effect, concerns, and future directions. Nutrients. 2011;3(3):370-84. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3257747/

4. Prinz-Langenohl R, Brämswig S, Tobolski O, et al. [6S]-5-methyltetrahydrofolate increases plasma folate more effectively than folic acid in women with the homozygous or wild-type 677C-->T polymorphism of methylenetetrahydrofolate reductase. Br J Pharmacol. 2009;158(8):2014-21. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2807663/

5. Miraglia N, Agostinetto M, Bianchi D, Valoti E. Enhanced oral bioavailability of a novel folate salt: comparison with folic acid and a calcium folate salt in a pharmacokinetic study in rats. Minerva Ginecol. 2016;68(2):99-105. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27008238

6. Estroff Mareno H. The Folate Factor: Among the busiest of B vitamins, folate has a special role in depression treatment. Psychology Today. https://www.psychologytoday.com/us/articles/201901/the-folate-factor

7. Folate deficiency. MedlinePlus. U.S. National Library of Medicine. https://medlineplus.gov/ency/article/000354.htm.

8. Fuqua K. Vitamins to Help Break Down Carbs. SFGate. https://healthyeating.sfgate.com/vitamins-break-down-carbs-4715.html.

9. Hibbard BM. THE ROLE OF FOLIC ACID IN PREGNANCY*. With Particular Reference to Anaemia, Abruption and Abortion. BJOG: An International Journal of Obstetrics and Gynaecology. 1964;71(4):529-542. doi:10.1111/j.1471-0528.1964.tb04317.x Retrieved from https://obgyn.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1471-0528.1964.tb04317.x

10. Lambrot R, Xu C, Saint-Phar S, et al. Low paternal dietary folate alters the mouse sperm epigenome and is associated with negative pregnancy outcomes. Nature Communications. 2013;4(1). doi:10.1038/ncomms3889 Retrieved from https://www.nature.com/articles/ncomms3889

11. Mayo Clinic Staff. Folate (Folic Acid). Mayo Clinic. https://www.mayoclinic.org/drugs-supplements-folate/art-20364625.

12. Shelton RC, Sloan Manning J, Barrentine LW, Tipa EV. Assessing Effects of l-Methylfolate in Depression Management: Results of a Real-World Patient Experience Trial. Prim Care Companion CNS Disord. 2013;15(4):PCC.13m01520. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3869616/

13. Fava M, Mischoulon D. Folate in depression: efficacy, safety, differences in formulations, and clinical issues. J Clin Psychiatry. 2009;70 Suppl 5:12-7. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19909688

14. Kiefer D. L-methylfolate for Bipolar Disorder. Relias Media. https://www.reliasmedia.com/articles/141976-l-methylfolate-for-bipolar-disorder.

15. Tucker KL, Qiao N, Scott T, Rosenberg I, Spiro A. High homocysteine and low B vitamins predict cognitive decline in aging men: the Veterans Affairs Normative Aging Study. Am J Clin Nutr. 2005;82(3):627-35. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16155277

16. Malouf R, Grimley Evans J. Folic acid with or without vitamin B12 for the prevention and treatment of healthy elderly and demented people. Cochrane Database Syst Rev. 2008;8( 4):CD004514. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18843658

17. Ford AH, Flicker L, Alfonso H, et al. Vitamins B(12), B(6), and folic acid for cognition in older men. Neurology. 2010;75(17):1540-7. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20861451

18. Anthony K. High Homocysteine Level (Hyperhomocysteinemia). Healthline. https://www.healthline.com/health/homocysteine-levels.

19. Venn BJ, Green TJ, Moser R, Mann JI. Comparison of the effect of low-dose supplementation with L-5-methyltetrahydrofolate or folic acid on plasma homocysteine: a randomized placebo-controlled study. Am J Clin Nutr. 2003;77(3):658-62. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12600857

20. Corliss J. Folic acid, a B vitamin, lowers stroke risk in people with high blood pressure. Harvard Health Blog. Harvard Health Publishing. https://www.health.harvard.edu/blog/folic-acid-a-b-vitamin-lowers-stroke-risk-in-people-with-high-blood-pressure-201503187810.

21. Cufasso J. Folate Deficiency. Healthline. https://www.healthline.com/health/folate-deficiency.

22. Folic acid in diet. MedlinePlus. https://medlineplus.gov/ency/article/002408.htm.

23. MTHFR gene variant. Genetic and Rare Diseases Information Center. National Center for Advancing Translational Sciences. U.S. National Institutes of Health. https://rarediseases.info.nih.gov/diseases/10953/mthfr-gene-mutation.

24 Maffoni S, De Giuseppe R, Stanford FC, Cena H. Folate status in women of childbearing age with obesity: a review. Nutr Res Rev. 2017;30(2):265-71. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6232191/

25. Parrott J, Frank L, Rabena R, Craggs-Dino L, Isom KA, Greiman L. American Society for Metabolic and Bariatric Surgery Integrated Health Nutritional Guidelines for the Surgical Weight Loss Patient 2016 Update: Micronutrients. Surgery for Obesity and Related Diseases. 2017;13(5):727-741. doi:10.1016/j.soard.2016.12.018. Retrieved from https://asmbs.org/app/uploads/2008/09/ASMBS-Nutritional-Guidelines-2016-Update.pdf

26. McKillop DJ, Pentieva K, Daly D, et al. The effect of different cooking methods on folate retention in various foods that are amongst the major contributors to folate intake in the UK diet. Br J Nutr. 2002;88(6):681-8. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12493090

27. Fabbri ADT, Crosby GA. A review of the impact of preparation and cooking on the nutritional quality of vegetables and legumes. International Journal of Gastronomy and Food Science. 2016;3:2-11. doi:10.1016/j.ijgfs.2015.11.001 Retrieved from https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1878450X15000207

28. Folic Acid. Office on Women’s Health. U.S. Department of Health and Human Services. https://www.womenshealth.gov/a-z-topics/folic-acid.

29. Folate. Office of Dietary Supplements. U.S. National Institutes of Health. https://ods.od.nih.gov/factsheets/Folate-HealthProfessional/.

30. Mayo Clinic Staff. Folate (Folic Acid). Mayo Clinic. https://www.mayoclinic.org/drugs-supplements-folate/art-20364625.

31. Folic acid: Too much of a good thing? Harvard Heart Letter. Harvard Health Publishing. https://www.health.harvard.edu/newsletter_article/Folic_acid_Too_much_of_a_good_thing

32. Folate and Brain: Is 5-MTHF (methylfolate) better for the brain than folic acid?. MTHFR Support Australia. https://mthfrsupport.com.au/2017/04/folate-and-brain/.

33. Scaglione F, Panzavolta G. Folate, folic acid and 5-methyltetrahydrofolate are not the same thing. Xenobiotica. 2014;44(5):480-8. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24494987

34. Obeid R, Holzgreve W, Pietrzik K. Is 5-methyltetrahydrofolate an alternative to folic acid for the prevention of neural tube defects. J Perinat Med. 2013;41(5):469-83. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23482308

35. Multum C. L-Methylfolate. Drugs.com. https://www.drugs.com/mtm/l-methylfolate.html

36. Vitamins and Supplements: Folic Acid. WebMD. https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-1017/folic-acid.

37. Folic Acid, Vitamin B9 tablets. Cleveland Clinic Health Library. https://my.clevelandclinic.org/health/drugs/18719-folic-acid-vitamin-b9-tablets.

38. Mischoulon D, Zajecka J, Freeman MP, Fava M. Does folic acid interfere with lamotrigine? The Lancet Psychiatry. 2016;3(8):704-705. doi:10.1016/s2215-0366(16)30167-5. Retrieved from https://www.thelancet.com/journals/lanpsy/article/PIIS2215-0366(16)30167-5/fulltext

39. Lamers Y, Prinz-Langenohl R, Moser R, Pietrzik K. Supplementation with [6S]-5-methyltetrahydrofolate or folic acid equally reduces plasma total homocysteine concentrations in healthy women. Am J Clin Nutr. 2004;79(3):473-8. Retrieved from https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14985224

Obtenha Desconto de 15% na Sua Primeira Compra

Coloque o seu e-mail e receba o seu cupão de 15% desconto